Resenha: The anatomy of Us - Ameia LeFay

Sinopse:Jane
Eu sempre estive sozinha. Minha vida costumava consistir em nada além de trabalho e mantendo Allen fora de problemas, e se eu tivesse tempo, dormir. Então eu me tornei sua empregada.
Max
Todos os dias mais de meio milhão de pessoas sintoniza para assistir ao meu show. Eles confiam em mim. Eu sei que é porque eu sou o único filho da proeminente família Emerson. No entanto, eu gosto de acreditar que é porque eu sou honesto, não importa qual história eu relatório. Eu sou honesto sobre tudo, exceto sobre o homem que eu tenho sido rei ** durante os últimos quatro anos ... e agora ela.
Wesley
Eu quero três coisas: Primeiro, Maxwell Emerson e Jane Chapman, ambos na minha cama. Segundo, ser o melhor chef do país. Em terceiro lugar, descobrir como obter simultaneamente as primeiras e segundas coisas que eu quero sem que nenhum de nós se machuque.
TRÊS PESSOAS.
Uma história de amor

Livro: The Anatomy of Us (The anatomy of Jane #2)/ Autora: Amelia LeFay / Gênero: Romance/ Ano de Lançamento: 2016 / Editora: Independente / Idioma: Inglês 


Quem define quem nós somos? Rótulos, aquilo imposto pela sociedade diante do que eles acham que não é socialmente aceitável. Mas afinal, quem decide se uma coisa é normal ou anormal? Cultura, essa herança tanto benéfica quanto maléfica que muitas vezes impõe aquilo que é ou não conveniente em uma sociedade. Eu sei que hoje em dia é muito mascarado isso, mas ainda é grande o preconceito contra pessoas homoafetivas, principalmente se ela tem uma grande visibilidade na sociedade. Agora se casamentos entre pessoas do mesmo sexo já não é tão aceitável, imagine diante do amor que surge entre três pessoas. Dois homens e uma mulher: Emerson, Maxwel e Jane.

Rótulos. Acho que esse é o tema central que vendo sendo trabalhado desde o primeiro livro dessa série. O quanto uma pessoa é mais ou menos confiável com base nas suas preferências? É esse o drama que vemos durante todo o primeiro livro, nele nós conhecemos todo o drama de Emerson, filho de um senador, com uma mãe jornalista e apresentador de um dos maiores jornais. Por fora, ele é o filho perfeito, por dentro ele é uma pessoa atormentada por ter que esconder o amor de sua vida, o amor que ele vive com seu primo Max, que é nada mais e nada menos que um dos melhores chefs de cozinha na atualidade. São os rótulos que obrigam os dois a se esconderem de tudo e de todos, até a chegada dela... Jane, a empregada que em pouco tempo virou algo mais... três pessoas e um amor, mas isso seria conveniente ou uma das três pessoas seria aquela que iria para fora na primeira crise que eles tivessem?

É nessa crise que termina e inicia o segundo livro. Para não dar spoilers, posso dizer que esse livro começa 4 anos depois do primeiro terminar e começa de um jeito até mais tenso que termina o primeiro. Um livro que tem um ar de conclusão, mas que não deixa de falar de assuntos importantes. Homofobia, tema velado e muitas vezes negado pelas pessoas, mas que é sentido cada vez mais por pessoas que tem a coragem de amar o outro sexo, Adoção homoafetiva que ao contrário do que as pessoas pensam não costumam deixar marcas nas crianças, mas que as pessoas ao redor veem como algo tão estranho que são eles que acabam prejudicando as mesmas por uma coisa que deveria ser simples, afinal o que é adotar senão um ato de amor? E porque o amor tem que ser tão complicado, se o próprio nome já diz que é uma coisa boa?

Eu sei que estou falando de um monte de assuntos importantes, mas não se enganem porque esse não é um livro filosófico, pelo contrário é um romance e é um livro hot, mas calma! Antes de colocar rótulos nas leituras leia as entrelinhas, pois apesar desse livro não dever em nada para cenas picantes, ele me fez pensar nas diversas coisas que eu falei aqui. Isso porque a autora Amélia que nada mais é que o pseudônimo da J.J. MCavoy, consegue desfazer todos os possíveis rótulos que imaginamos e vemos várias pessoas consideradas marginalizadas em um único livro: prostitutas que são mães excelentes, patricinha que é rejeitada pelos pais, negros, pessoa pública que é um pedófilo e abusador, casal gay, casal lésbico, entre outros. É um livro que de maneira sutil nos faz pensar em um monte de coisas e além de tudo é leve, engraçado e várias partes me fez ficar suspirando por uma pequena.

Por fim, gostaria de ressaltar que esse livro faz parte de uma duologia e como tal, não é recomendado que você leia apenas ele. Gostou? pega o primeiro livro que é melhor que esse inclusive e leia, depois vem para esse e veja o desfecho dessa história muito gostosinha. Agora eu queria fazer uma discussão um pouco diferente: quais são os rótulos que vocês mais veem no dia-a-dia?



28 comentários:

  1. Olá,
    Desconhecia a obra, mas adorei que ela aborde temas tão abrangentes e que muitas vezes não vemos por ai.
    Nossa sociedade se baseia em rótulos e isso nos deixa cegos para perceber certas coisas e escolhas que as pessoas fazem.
    Saber que a obra aborda essa infinidade de situações me deixa bem intrigada.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu vi o primeiro livro e fiquei super curiosa para ler - por trazer algo diferente do que o dito como normal trás... Não sabia que era da JJ (não que isso faça diferença) e fiquei pensando que deve ser uma leitura mais do que interessante.
    acho muito legal quando romances hot trazem um pouco mais do que só o amor e só as cenas quentes (não que eu reclame delas...rs), mas fazer a gente pensar sobre outros assuntos é mais do que interessante e me empolga ainda mais para ler um livro.
    Tá na lista!!!!
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bem?
    Não conhecia a duologia, mas parece ser mais que um romance erótico. Quantas temas abordados, hein! Acho que iria gostar de acompanhar todos esses problemas reais. Gosto quando o livro tem uma história, e não fica só no erótico.
    Gostei bastante da dica. Ótima resenha.

    Blog Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
  4. Olá
    Bem interessante que o livro trate de várias questões tão pertinentes, e que tenha feito isso de uma forma sutil, e ainda cuidando do romance e das partes picantes, mas não é um livro para mim, acho que se uma pessoa quando gosta de outra tem que lutar por esse amor, e mesmo que a sociedade e aparências e blablabla vão encher o sa&*, que se fo$#, e então resolveram partir para o triângulo, e isso sim é algo que não gosto nada em romances. :/

    ResponderExcluir
  5. Não sei se cheguei a saber do primeiro livro, mas achei interessante o tema tratado nesse, e até fiquei curiosa por uma nota mediana como essa. Rótulos é um tema recorrente na nossa sociedade e ver histórias que tratam disso de uma maneira diferente não tem nem como não ter vontade de ler.

    Um abraço!
    Parágrafos & Travessões

    ResponderExcluir
  6. Eu não gostei da capa e de cara eu não leria, mas vendo a sua resenha algo no livor me chamou atenção, embora eu tenha a sensação de que vou me irritar com a leitura eu gostaria de realizá-la.

    ResponderExcluir
  7. Olá, eu ainda não conhecia esse livro, achei interessante as suas considerações sobre os assuntos abordados no romance. Já li alguns livros onde os relacionamentos envolviam mais de duas pessoas, é um assunto polêmico, mas tudo depende da forma como a história é construída. Certamente lerei quando puder.

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia o livro, mas bastou ler a sua resenha para perceber que não é o tipo de leitura para mim!
    Só a capa malfeita já foi o suficiente para me fazer desanimar... Uma pena! A história parece interessante para quem curte romances assim!
    beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  9. Oi!!!
    Nunca li nada dessa autora e também não conhecia esse livro!! A capa até que é interessante! Mas não estou no momento certo para ler livros com esse tema. Boa leitura para quem vai ler essa obra.
    Beijoss

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem?
    Eu realmente não conhecia esse livro e até o certo momento não trouxe nenhum interesse para mim, achei a capa meio nada a ver também, mas parabéns pela resenha.
    Beijinhos da Morgs!

    ResponderExcluir
  11. Oi!
    Não conhecia esse livro é achei a premissa bastante intrigante e diferente, até certo ponto. Confesso que fiquei mais curiosa do que realmente com vontade de ler e por isso não sei se me arriscaria.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Oie!
    Eu não conhecia esse livro, mas fiquei bem interessada.
    E o que eu mais gostei é faz parte de uma duologia, assim não tem muito para acompanhar rsrs
    Fiquei bem interessada e vou ler!
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo bem? Nossa que premissa show de bola. Somado com a sua resenha me interessei e muito. Infelizmente eu percebi que o idioma é inglês, então ai não trouxeram para cá? Tenho problemas em ler em outro idioma (pelo fato de não dominar a língua) e isso talvez fosse um empecilho. Ótima resenha!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  15. Confesso que não é o tipo de Livros que leria.
    Parece ser bem hot! Tendo Cenas quentes ? ménage?
    Não é a minha praia hahaha

    ResponderExcluir
  16. Oiii!!

    Eu não conhecia esse livro e essa capa não me enganou Já sabia que era um hot, mas eu gostei de saber dos questionamentos levantados. Mesmo de maneira leve, é bom que esses assuntos sejam pautados.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  17. Olá,

    Adoro livros hots, já li vários e sempre estou a procura de novos, pelo visto este livro é super hot, ainda não tinha ouvido falar nele e acho uma pena que ainda não tenha sido lançado no Brasil, mas já irei a procura dele, vai que o encontro né hahaha. Adorei a dica e espero lê-lo muito em breve.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Não conhecia a obra, mas acho os temas abordados interessantes, afinal é sempre importante bater nessa tecla de que os rótulos impostos pela sociedade já não nos representa faz tempo. Adorei a resenha e já estou anotando a dica para leitura futura.

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
  19. Muito interessante quando os livros vêm ai pra tratar de temas que são tão tabús na sociedade de hoje em dia.
    Todo os dias eu posso ver rótulos que as pessoas colocam... eu mesmo faço curso de Agronomia, curso que as pessoas pensam que é só pra homem. Quando eu falo as pessoas olham meio assim: Nossa... Agronomia... Com um tom de que é muito pesado para mulher.
    É uma pena o que acontece no mundo de hoje :/

    ResponderExcluir
  20. Olá!

    São tantos rótulos que nem sei por onde começar... De todos modos, acho que toda discussão feita em um livro é válida, mesmo sendo um hot (não gostei da capa). O rótulo que me persegue é o de ser mulher e fã de futebol, as pessoas olham e pensam (algumas já chegaram a perguntar) que sou gay por isso...

    ResponderExcluir
  21. Olá, primeiramente vejo tantos rótulos trazidos hoje em dia, você é vadia por vestir uma roupa curta, é gay por ser mais delicado e tantos outros.
    Agora vou ter ir para um rótulo, detestei essa capa, se visse em uma livraria com toda certeza não compraria. Mas foi legal você ter resenhado que além de uma enredo hot temos boas reflexões enquanto a relação se desenrola.

    ResponderExcluir
  22. Olá! Fiquei curiosa para conhecer o livro. Achei os temas abordados bem interessantes, com temas que ainda deixam alguns incomodados, tenho certeza que tudo isso enriquece a história, que deve ser intensa e envolvente. Gosto quando o hot tem conteúdo. Obrigada pela dica, beijos!

    Entre Livros e Pergaminhos

    ResponderExcluir
  23. Olá, tudo bom? Que legal a autora diversificar tanto na narrativa e personagens, gostei disso. No momento não estou lendo muito romance, mas anotei a dica dessa duologia, que parece bem envolvente. Ótimo post!
    Beijos

    ResponderExcluir
  24. Eu não sou muito de ler livros hot. A premissa do livro é interessantes por levar tantas reflexões ao leitor, e acho isso interessante, mas não de ainda assim vontade de ler essa duologia.
    Eu tenho que dizer que não achei a capa atraente, na verdade está muito na cara que é montagem. Como sou daquelas que compra livro pela capa então não seria um livro que eu pegaria de cara.

    ResponderExcluir
  25. Olá, tudo bem?
    Interessante a premissa,até bateu curiosidade para saber como termina essa história.
    Vou deixar anotado na minha lista essa duologia.
    Abraços

    http://www.viciadosemleitura.blog.br/

    ResponderExcluir
  26. Oi!
    Achei essa historia diferente é interessante, não sabia que era uma duologia, mas fiquei curiosa para ler a resenha do primeiro livro e poder descobrir mais sobre essa historia !!

    ResponderExcluir
  27. De início, a capa foi um ponto negativo. Achei muito mal elaborada, infelizmente, pois a obra levanta questões muito palpáveis e diferentes da que estamos acostumados.

    ResponderExcluir
  28. De início, a capa foi um ponto negativo. Achei muito mal elaborada, infelizmente, pois a obra levanta questões muito palpáveis e diferentes da que estamos acostumados.

    ResponderExcluir

Memórias da Cat no facebook

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog