Resenha: One Careful Owner - Jane Harvey-Berrick

Sinopse:ATENÇÃO! Este livro quebrará seu coração!
Da autora do romance best-seller A EDUCAÇÃO DE SEBASTIAN, esta é uma história sexy, de quebrar o coração e coração quente sobre um homem e seu cão. (Independente).
Alex está perdido e sozinho, com apenas seu cachorro, Stan por companhia. Ele não espera mais bondade de ninguém, mas às vezes a esperança pode ser encontrada nos lugares mais improváveis. Ele tem uma segunda chance de felicidade, mas há um lado escuro para Alex, e uma razão que mais de uma pessoa o chamou de louco.
Dawn, mãe solteira, está fazendo muito bem. Exceto que seu ex- é uma dor na b****, sua irmã não está falando com ela, e sua vida amorosa está na lista em perigo. Pelo menos seu trabalho como veterinária está indo bem. Até que um sujeito parecendo louco, chega em seu escritório acompanhado por um cão envelhecido com dor de dente. Ou talvez Alex Winters não seja tão louco depois de tudo, apenas ... diferente. Dawn percebe que ela o tratou da mesma maneira que todas as fofocas na cidade o trataram - as pessoas podem ser muito cruéis.
"Você sabe que o sentimento que você começa em seu estômago quando você dirige sobre uma colina realmente rápido? Isso é o que eu senti." T. Allen

Livro: One Careful Owner/ Autora: Jane Harvey-Berrick / Gênero: Romance/ Ano de Lançamento: 2017 / Editora: Independente / Idioma: Inglês 


Pensei muito antes de começar essa resenha e acho que vou começar pelo clichê e agradecer imensamente a Jane pela oportunidade de resenhar essa obra antes de seu lançamento. Obrigada Jane a você e a toda a sua equipe pela honra. Isto feito gostaria de convidar a todos para discutirmos sobre estereótipos. O que te faz confiar em uma pessoa em detrimento de outra? O que te faz em rua deserta atravessar a rua por medo que aquela pessoa irá te fazer mal? Muito de nós tenta negar, mas a verdade é que à primeira vista o que importa é sim a aparência. O que não sabemos, é o que uma aparência que não é convidativa esconde. Quantas dores, medos e traumas pode estar escondido por trás de uma barba grande e uma cara de mau? Qual sua intenção em esconder-se do mundo? Muitas vezes o propósito da pessoa é esse mesmo, afastar as pessoas para que elas descubram aquilo que tenta esconder.

Gagueira Congênita, doença que pode ser acentuada ou manifestada em virtude de alguma experiência traumática ou perante um ambiente inseguro. É comum para os gagos não gaguejarem perante as pessoas mais próximas ou que eles considerem como família. O problema se acentua quando o mundo que é conhecido por ele é visto como um ambiente inseguro. Para Alex, o mundo é inseguro, então é mais fácil para ele se manter oculto, às sombras, evitando que qualquer pessoa se aproxime para que ele não se constranja mais. Afinal, ninguém pode machucá-lo se ele não se aproximar de ninguém. Ninguém, exceto a pessoa que lhe salvou de si mesmo: seu cachorro.

Não é atoa que um cachorro é considerado o melhor amigo do homem, muitas vezes ele é isso mesmo, afinal, sabe-se que os animais podem representar uma fonte de apoio muito maior do que os próprio humanos e que animais tendem a ser fonte de apoio incondicional para uma pessoa que não sabe em quem mais se apoiar. Esse mesmo animal pode ser a força que faz a pessoa sair do seu casulo de segurança quando ele precisa de cuidados médicos. Nesse caso foi o cachorro que levou Alex a ir atrás da veterinária Dawn.

Estereótipos também poderia ser descrito através das várias cenas de Dawn nesse livro, pois através de seus pré-julgamentos e seus pré-conceitos com relação a aparência de Alex ela acaba pensando que ele é uma pessoa que ele não é. Ledo engano. Engano esse que as vezes é preciso de um olhar de uma criança para enxergar a verdade. Katie, sua filha, consegue enxergar para além do Alex quer mostrar ao mundo e com seu jeitinho consegue ser a primeira fenda na muralha construída por ele. Encantadora é a participação dessa menininha que roubou meu coração e me ensinou a mair lição de todas: Nem tudo o que parece é e devemos enxergar com a inocência das crianças.

Se olharmos com um panorama geral, esse livro é um drama comum encontrado em diversos livros , pois não é incomum vermos romances que mostram uma pessoa reclusa e traumatizada, mas que com a ajuda de uma pessoa especial é convidada a ver o mundo com outros olhos. Porém hoje eu não quero falar de panoramas gerais, nesse momento eu quero falar de entrelinhas. Detalhes suaves e detalhes fundamentais desse enredo que fizeram desse romance uma obra única e só dela. Na primeira entrelinha, estão os cachorros e a forma bela que ela mostrou como pode ser a relação desenvolvida por um homem e seu cão. É incrível e inexplicável essa relação, mas a autora soube me fazer sentir e para mim apenas sentimento basta.

Luto, uma palavra, 5 fases e no fim, aceitação é a segunda entrelinha que eu gostaria de ressaltar. Porque cada pessoa reage de uma forma diferente a essa etapa da vida, sendo que não apenas se resume a perda de um ente querido. A misteriosa formula de narrar sentimentos, dores e válvula de escape, mesmo que esta não seja a mais adequada é o que faz de um escritor um ser único, afinal quem mais consegue narrar sentimentos e reações de forma tal que nos façam sentir aquilo que estar escrito? A autora soube me fazer sentir e para mim apenas sentimento basta.

Sentimento é a terceira, última e mais importante entrelinha. De forma leve e direto ao ponto a autora me envolveu em uma rede de emoções conflitantes que me fizeram viajar e só retornar após a última página. Sim, sentimento apenas basta porque nessa obra apesar de ser uma história comum em um panorama geral, a Jane me fez sentir: alegria, tristeza, raiva. Eu chorei, eu sorri e acabei com o coração leve porque essa história foi mais uma obra que tocou meu coração. Existem livros dela mais tocantes? Sim. Poderia ser um drama muito maior, claro! Mas isso não significa que esse não é um livro bom. Ele é, pois esse livro me fez sentir e para mim apenas sentimento basta.






23 comentários:

  1. OMG! OMG! Essa autora é simplesmente incrível!!
    Já li DANGEROUS TO KNOW & LOVE e me apaixonei, super recomendo!!
    Não conhecia esse livro, mas já me apaixonei e ja esta na minha listinha de livros para 2017!
    Adoro como a Jane consegue mexer com a gente, nos fazer chorar, rir e suspirar nos seus livros..
    Amei a resenha !!♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Jane é ótima né?!! Pode er esse sem medo!

      Excluir
  2. Desde o começo do ano passado eu tenho vontade de conhecer a escrita desta autora, mas nunca tive oportunidade. Amei a sua resenha, quero sentir meu coração reagindo à cada palavra que eu ler. Já está na minha listinha de leituras!

    ResponderExcluir
  3. Esse livro parece ser completo em todos os sentidos possíveis. Por mais que tenha dramas comuns de outras histórias, esse livro trouxe um conteúdo forte e reflexivo, bem o meu tipo de leitura. Gostei muito de saber a sua opinião.

    Um abraço!
    Parágrafos & Travessões

    ResponderExcluir
  4. Oi!
    Não conhecia essa autora mas já fiquei louca por esse livro pois é exatamente o tipo de drama que gosto, forte, reflexivo, que mexe com as nossas emoções e que aborda assuntos importantes. Mas pelo visto ele ainda não foi lançado por aqui, não é? Terei que esperar até isso acontecer pois meu inglês não é lá essas coisas e gostaria de aproveitar a trama por completo.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Olá
    A história parece bem emocionante, aliás se tem uma coisa que me faz chorar é história com animais.
    Mas eu acho que não estou no momento certo para esse livro, quando li, ainda na sinopse, quebrar o coração, eu pensei, meu coração já não está legal, então vou deixar para outra oportunidade

    ResponderExcluir
  6. Ain meu coração, livro com cachorro, já sei que vou chorar. Adorei a resenha, o livro parece ser muito tocante. SOCORRO, EU QUERO!

    www.memoriasdeumaleitora.com.br

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia este livro nem a autora. Apesar de não ser a maior fã de cachorros, sinto que a trama tem potencial para me agradar. Obrigada pela dica! Boas leituras em 2017!

    ResponderExcluir
  8. Cat, tô doida pra ler esse livro! Por tudo que você falou, mas principalmente pela criança. Amo livro com crianças, ainda mais quando elas dão aquele toque de amor, de sensibilidade capazes de transpor barreiras. Amo Amo Amo!

    Beijo

    Leitoras Inquietas

    ResponderExcluir
  9. Olá, o livro não chamou muito a minha atenção por motivos de que estou correndo de dramas no momento, quero é alegrias KK, mas realmente parece ser um livro mais do que tocante e que parece ter mexido com você :)

    ResponderExcluir
  10. oie, que bacana que esse livro te trouxe tantos sentimentos. Eu adoro quando isso acontece e gostei de saber que ele aborda a temática do luto, que é algo que me chama muita atenção. eu nunca li nada da autora, mas quem sabe é um bom livro por onde se começar.

    ResponderExcluir
  11. Adorei mesmo sua resenha, você conseguiu traçar tudo que o leitor causa no leitor, deixando-me curioso. Agora essa capa, me deixou meio afastado do livro, quando o vi em uma livraria, não a acho muito atraente, parece chama de novela mexicana. Agora a tematica tratada no enredo, me faria ler o livro sim.

    ResponderExcluir
  12. Oii, gostei da premissa desse livro, pois não conhecia o mesmo. E a história parece ser bem emocionante e cativante. Fiquei bem curiosa para conhecer a mesma.

    beijos

    ResponderExcluir
  13. Olá,
    Mas que resenha rica em detalhes e discussões!
    Sou apaixonada por cães e tenho uma forte ligação com minha pequena menina Kyara e saber que o livro aborda um pouco dessa relação entre o personagem e seu fiel cachorro já me deixa bem intrigada. Saber também que trata de um problema que incomoda muitas pessoas como a gagueira é outro fator que me faz querer ler a obra.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bem? Que resenha deliciosa de ser ler. Adorei a premissa, junto com a capa, e adorei o desmembramento que você fez do livro. Fiquei bem interessada e confesso que estou doida para ler. Infelizmente ser em inglês é um empecilho para mim, mas espero que alguma editora compre! Adorei!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Sabe que eu não gostei da capa e por esse motivo já estava achando que a leitura não iria me agradar...
    Sim, eu sei, não devemos julgar um livro pela capa, mas é o que fazemos muitas vezes - e se fazemos isso com os livros, é claro que também fazemos isso com pessoas, mesmo sabendo que não devemos e negando isso...
    Fiquei curiosa e empolgada para realizar a leitura... E espero curtir o livro :)
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
  16. Olá.

    Eu não conhecia essa autora, mas fiquei muito interessada nesse livro. Parece ser uma leitura bem emocionante e tocante. Não curti muito a capa, mas vejo que a história tem muito mais conteúdo do que se imagina. Pena que é em inglês e não sei o idioma, mas espero q alguma editora compre os direitos e lance por aqui. Amei!

    Beijos,
    www.anebee.com.br

    ResponderExcluir
  17. Olá,
    Eu não conhecia o livro e gostei da história. Sinceramente eu não sei se leria, mas achei bastante interessante a forma que a autora falou sobre pre-conceitos que é tão comum na atualidade.
    Beijos,
    Delírios Literários da Snow

    ResponderExcluir
  18. Oi!!!
    Adoro livros assim!! Achei que a história do livro muito bonita! Sem dúvida quero esse livro para ler sou apaixonada por livros que o grande amigo do personagem e seu cachorro. Amei a indicação!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  19. Parece realmente um livro bom.
    Gosto quando os livros nos fazem viajar mesmo... e também quando eles querem passar sentimentos pra nós nas entrelinhas.
    A capa está maravilhosa e é bem chamativa para a leitura!

    ResponderExcluir
  20. Deve ser um livro bem fofo em relação ao romance e com bastante drama em relação à história de vida do protagonista.
    É mesmo um enredo que pode ser bem típico, mas eu adoro quando os autores colocam o seu toque a mais, deixando eles diferentes de qualquer outro livro que pareça ter o enredo parecido.

    ResponderExcluir
  21. Oi!
    Ainda não conhecia esse livro, mas gostei muito dessa historia, achei bem interessante o tema que a autora trata, mesmo sendo clichê acho que ela consegue colocar um algo a mais nessa historia que realmente acaba nos conquistando, principalmente pelo personagens que parecem ser cativante e do tipo que quando conhecemos apaixonante, se tiver oportunidade quero ler esse livro !!

    ResponderExcluir

Memórias da Cat no facebook

Tecnologia do Blogger.

Arquivo do blog